Projetos / Concursos

 
 
Concurso: Ler como quem joga,
                           Escrever como quem pinta
 
Tendo como objetivo prioritário o desenvolvimento de competências de leitura, numa perspetiva lúdica e de satisfação pessoal, convidam-se todos os alunos do 3º ciclo e do ensino secundário, das escolas públicas e privadas do continente, ilhas, e territórios internacionais de aprendizagem da língua portuguesa, ao envolvimento num processo que conduza ao ato de ler, à reflexão e à criação de textos originais.

Propõe-se que os alunos, na esfera das inquietações próprias dessa faixa etária, sejam desafiados a dar testemunho criativo das suas circunstâncias de crescimento e aprendizagem.

De iniciativa do Plano Nacional de Leitura, PNL, e com o contributo dos parceiros Rede de Bibliotecas Escolares, RBE Direção-Geral da Administração Escolar/Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro, DGAE/DSEEPE, LeYa, Revista TIME OUT, Camões IP, Fundação José Saramago, FJS, Casa Fernando Pessoa e Porto Editora, o projeto Ler como quem joga - Escrever como quem pinta, aposta na descoberta e revelação de novos talentos da escrita, nas vertentes a seguir discriminadas:
 
  
NOTAS DE LEITURA
3º Ciclo | Registo "Como se fosse um diário"





OBRAS SUGERIDAS

TEXTO NARRATIVO | TEXTO POÉTICO
*Escolher uma obra de entre as duas modalidades indicadas

7.º ANO
Sexta‐Feira ou a Vida Selvagem, Michel Tournier
Pedra Filosofal, António Gedeão

8.º ANO
Cada homem é uma raça, Mia Couto
, António Nobre

9.º ANO
O Fantasma de Canterville, Oscar Wilde
Carta a meus filhos sobre os fuzilamentos de Goya, Jorge de Sena
  
Consultar o regulamento do 3º Ciclo AQUI.
  
 
ESCRITA DO DESASSOSSEGO
E. Secundário | Ensaio literário
 
 


 A participação dos alunos do secundário consta da criação de um texto, elaborado a partir  das obras de dois autores de referência da literatura portuguesa - Fernando Pessoa e José Saramago -, que deve assumir a forma de ensaio literário, em torno de temas universais e sempre inquietantes como a identidade, a morte, o amor, a política e a contestação.
 
Espera-se que os alunos expressem, de forma clara, crítica e livre, o seu pensamento sobre o mundo, suportado na experiência pessoal e no conhecimento que possuem, ou venham a adquirir, das obras destes dois autores.
 
Consultar o regulamento do Secundário AQUI.


______________________

LER É COOL
 



A Porto Editora e a Coolbooks, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares e a Escola Virtual, vão lançar um desafio às escolas, para incentivar os alunos a ler e estimular a leitura em suporte digital.

Para as escolas participarem, o professor bibliotecário deve registar no
sítio do concurso os dispositivos móveis que a biblioteca escolar possui, descarregar os ebooks e divulgar a iniciativa pelos alunos dos 2.º e 3.º ciclos.

No 2.º ciclo, os alunos, após a leitura, devem preencher um questionário em torno da obra selecionada.
 
No 3.º ciclo, são desafiados a escrever um conto inspirado na coleção Criptocontos.

 


Calendarização:

Fase 1
Até 26 de fevereiro de 2016
Inscrição das Bibliotecas Escolares e disponibilização das obras que integram a iniciativa.

Fase 2
A partir de 29 de fevereiro de 2016
Leitura das obras (sendo este processo acompanhado pela biblioteca escolar).

Fase 3
De 14 de março a 6 de maio
Abertura da plataforma para a vertente competitiva.

Haverá lembranças para todos os participantes e prémios para alunos e escolas vencedoras.

Consultar Regulamento
AQUI.
 
Toda a informação pode ser consultada na página da iniciativa.

Concurso promovido em articulação com a Rede de Bibliotecas Escolares.

   ______________________


Concurso : Kit do Mar








Concurso Nacional Kit do Mar 2016 visa premiar os melhores trabalhos desenvolvidos ao longo do ano letivo 2015/2016 sobre a temática do Oceano. 

Dirige-se a alunos do Pré-Escolar ao Secundário. Até 15 de abril deverão ser enviados o formulário de candidatura e um vídeo de 5 minutos que apresente o projeto e o trabalho realizado pelos alunos ao longo do ano.

Consultar o Regulamento.


O formulário de candidatura pode ser acedido AQUI.

                    ______________________

Concurso: Eu não alinho





O concurso “Eu Não alinho” é um projeto organizado pela Polícia de Segurança Pública em colaboração com outras entidades parceiras em que os concorrentes serão desafiados a escrever uma letra original para uma música, adaptando-a uma música já existente ou criando a sua.
O concurso tem como objetivo sensibilizar os jovens, através do apelo à sua criatividade, para o tema do bullying e da violência nas escolas.

Poderão concorrer alunos que frequentem o 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico, bem como o Secundário, de escolas do ensino público ou particular (incluindo o ensino profissional), da cidade de Lisboa, conforme regulamento.

O resultado da gravação deverá ser entregue em formato digital nas secretarias das respetivas escolas, acompanhado da letra em formato papel, até ao dia 29 de fevereiro de 2016.
  

Para mais informações, consultar o regulamento em (colocar link direto para o site da PSP) ou envie um email para escolasegura.5div.lisboa@psp.pt

Pode consultar o Regulamento do Concurso aqui.

Inscrições online.

                     ______________________

Resultados da prova de seleção |nível de escola




Ensino Básico:

João Lopes Teixeira de Sousa, 7º B, nº 14
Alice Margarida R. Araújo Sá Meneses, 7º C, nº 2
Rafaela Filipe Correia Pardal, 9º D, nº 22
Suplente: Leonor Martins Ribeiro da Silva, 7º C, nº 17



Ensino Secundário:
Ana Catarina Moura Matoso Carreta, 10º H, nº 1
Rafaela Monteiro Dias, 11º H, nº 24
Maria dos Anjos de Jesus Fernandes, 12º E, nº 17
Suplente: Márcia Raquel Sousa Nogueira, 12º A, nº 16


De acordo com o Regulamento nacional, os alunos agora selecionados irão participar na prova distrital, a realizar em data a anunciar pelo PNL.

                      ______________________





A 8ª edição do Concurso Inês de Castro é uma iniciativa conjunta do Plano Nacional de Leitura e da Fundação Inês de Castro, com o patrocínio da YDreams e a colaboração do Diário de Coimbra.

Baseado nos «Percursos de Pedro e Inês», desde a sua primeira edição, o concurso visa promover o conhecimento dos contextos e lugares históricos, geográficos, sociais, políticos, económicos, literários e afetivos que se relacionam direta ou indiretamente com o romance de D. Pedro e de D. Inês.

Na 8ª edição – ano letivo 2015/2016 – os trabalhos a concurso podem ser elaborados com base em diferentes áreas criativas e deverão configurar uma representação no âmbito das ARTES PERFORMATIVAS (Filme, Dança, Música, Ópera, Teatro, Teatro Musical…).

Desafiam-se as Escolas a mostrarem as suas capacidades estéticas, talentos criativos e de originalidade, promovendo o aprofundamento da interdisciplinaridade e da partilha de saberes.

 Calendarização:

Divulgação do concurso e do regulamento nas páginas do Plano Nacional de Leitura e da Fundação Inês de Castro: até final de dezembro de 2015

Inscrição: até 30 de janeiro de 2016 (em formulário online disponível em 
http://sipnl.planonacionaldeleitura.gov.pt/login.jsp).

Confirmação dos dados da inscrição: 5 de fevereiro de 2016.
Entrega dos trabalhos: até 26 de abril de 2016.
Análise dos trabalhos pelo júri: maio de 2016.
Publicação da lista de premiados e dos prémios: até final de maio de 2016.
Cerimónia de entrega de prémios: em data e local a definir.

Para mais informações consultar o Regulamento.


 ______________________

Concurso




Promovido pelo PNL, no âmbito da 10ª edição da Semana de Leitura, o concurso Elos de Leitura em Cartaz tem como público-alvo crianças e jovens de todos os níveis de educação e de ensino.

A abrangência e a diversidade de sentidos implicados no tema «ELOS de Leitura» constitui um desafio à criatividade de alunos e de professores, contribuindo para que estes criem cartazes originais, que decorram de leituras livremente realizadas no âmbito de diversas áreas do saber, projetos ou celebrações/comemorações locais, nacionais ou internacionais.




 Calendarização:


JANEIRO DE 2016 Lançamento e divulgação do concurso e respetivo regulamento junto dos estabelecimentos de educação e de ensino
ATÉ 18 DE MARÇO DE 2016 Inscrição da escola/do agrupamento no SIPNL
ATÉ 22 DE ABRIL DE 2016 Seleção pelo agrupamento/escola não agrupada de um trabalho por nível/ciclo de educação e de ensino a apresentar a concurso
Envio pela escola sede do agrupamento/ escola não agrupada do(s) trabalhos(s) selecionado(s), por nível/ciclo de educação ou de ensino, para o endereço pnlconcursos@gmail.com
A27 DE MAIO DE 2016 Análise e seleção, pelo júri nacional, dos trabalhos apresentados a concurso
A9 DE JUNHO DE 2016 Divulgação dos vencedores – por nível/ciclo de educação e de ensino
Cerimónia de entrega de prémios aos alunos e às escolas (data a confirmar)


 Consultar o regulamento aqui.

 ______________________



CONCURSO 








A Direção-Geral da Educação e a Direção-Geral do Património Cultural acordaram em lançar no ano letivo de 2015/2016 uma nova edição do Concurso Escolar A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento…


Este concurso é dirigido aos alunos dos ensinos básico e secundário e tem por objetivo estimular o conhecimento da realidade museológica e patrimonial nacional, através do contacto das Escolas com os Museus, os Palácios e os Monumentos Nacionais e, consequente, promover a sensibilização para a conservação, proteção e valorização do património cultural.

Considerando que o conhecimento do património cultural constitui uma importante experiência educativa, facilitadora da integração das crianças e dos jovens na comunidade, o concurso escolar A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento... consiste na elaboração de trabalhos originais a partir de testemunhos dos Museus e Palácios que integram a Rede Portuguesa de  Museus ou dos Monumentos tutelados pela
Direção Geral do Património Cultural (DGPC) ― lista disponível.

 
Apenas se podem candidatar grupos de cinco alunos, tendo um professor como responsável. Não se aceitam candidaturas individuais.
Os trabalhos (nos domínios da produção escrita, das artes visuais, das artes performativas, da fotografia, do vídeo e do multimédia) deverão ser enviados até 31 de março de 2016.

Consultar o Regulamento específico aqui.


                    ______________________






 ______________________
UM CONTO QUE CONTAS




APRESENTAÇÃO

O concurso “Um conto que contas” é da responsabilidade de uma Comissão Organizadora em colaboração com a Delegação Regional do Sul e Ilhas da Sociedade Portuguesa de Matemática, e com o apoio da Universidade de Évora, do Centro de Investigação em Matemática e Aplicações, da Associação de Matemática Interactiva e Lúdica - AMIL e da Delta Cafés. Este concurso é aberto à participação de todos os jovens que frequentem escolas públicas e privadas, desde o 1.º ao 12.º ano de escolaridade, e escolas profissionais acreditadas em qualquer modalidade de função com equivalência legal a esses níveis de escolaridade, de todo o país (território nacional português).

O concurso consiste na escrita e ilustração de um conto que envolva conteúdos matemáticos.  

Os participantes podem concorrer a uma de oito categorias e de acordo com os ciclos de ensino em que estão integrados, na modalidade individual ou em equipa, num máximo de quatro elementos.

Os contos serão apreciados por um júri, que integrará especialistas das áreas de matemática e de português. Na avaliação dos contos serão valorizados os conteúdos matemáticos, o domínio da língua, a originalidade, a criatividade, o encadeamento lógico narrativo, entre outros. Aos três melhores classificados, em cada uma das oito categorias, serão atribuídos prémios

OBJETIVOS

1. Fomentar hábitos de leitura e de escrita nos alunos de todos os anos de escolaridade e incentivar à escrita de um conto que envolva conteúdos matemáticos. 
2. Desenvolver a capacidade de expressão e comunicação, bem como, o pensamento lógico narrativo e o raciocínio matemático, pois este envolve a construção de cadeias argumentativas. 
3. Saber empregar uma linguagem matemática escrita adequada aos conceitos matemáticos utilizados. 
4. Promover a interdisciplinaridade, com a articulação de diversas áreas do saber, tais como Matemática, Português e Expressões, entre outras. 
5. Divulgar, através da publicação de um livro, os melhores contos submetidos a concurso.

Consultar o regulamento aqui.

O conto, a ficha de inscrição e o original do desenho ilustrativo (completamente preenchidos), deverão ser enviados, pelo professor responsável, em papel e em formato digital (.doc ou .docx) até ao dia 10 de fevereiro de 2016.

Mais informações podem ser acedidas aqui.

 ______________________

O lobo e o Natal: 
Concurso de desenho e de pintura
   




 O Grupo Lobo promove um concurso destinado aos alunos dos 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico, para a apresentação de um desenho ou uma pintura, subordinada ao tema “O lobo e o Natal”.




Mais informações em http://lobo.fc.ul.pt

               ______________________

Acessibilidade a todos








Está aberto o Concurso "Escola Alerta!" 2015/2016, uma oportunidade para praticares e desenvolveres as tuas capacidades no sentido de melhorar a sociedade e a forma como os teus colegas com deficiência participam em todas as atividades da tua escola. 

Para saber mais sobre os objetivos gerais deste projeto consulta: 

• o Regulamento 2015/2016 e a Nota Explicativa

• a Convenção da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (disponível também em versão de leitura fácil) 

• a Lei de Bases da Prevenção, Habilitação, Reabilitação e Participação da Pessoa com Deficiência 

• as Perguntas Mais Frequentes sobre o "Escola Alerta!"

Para concorreres entrega o teu projeto e Formulário de Candidatura ao Júri da Escola, até ao dia 1 de abril de 2016. 

Se o teu trabalho for selecionado o teu Estabelecimento de Ensino deve enviar o projeto e Ficha de identificação da escola e trabalhos realizados para o INR, I.P. 

Os trabalhos podem ser entregues: 

• em mão, entre as 9h00 e as 18h00, até ao dia 15 de abril de 2016

• via correio registado com carimbo, até à mesma data, para o seguinte endereço:

Concurso "Escola Alerta!" 
Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P. 
Av. Conde de Valbom, 63 
1069-178 Lisboa 

Mais informações aqui.





 ______________________


CNL a nível de escola










Decorrem, até ao dia 17 de dezembro, as inscrições para a 10ª edição do Concurso Nacional de Leitura.

As obras selecionadas para a prova de seleção a nível de escola são as seguintes:


Para o 3º Ciclo
Contos de Vampiros, de Ana Paula Tavares, Gonçalo M. Tavares, Hélia Correia,  et ali
David, um herói entre chamas, de Maria Teresa Maia Gonzalez
O caderno do avô Heinrich, de Conceição Dinis Tomé

Para o Ensino Secundário
A viagem do elefante, de José Saramago
Já ninguém morre de amor, de Domingos Amaral
1 Km de cada vez, de Gonçalo Cadilhe


Estas obras estão disponíveis para consulta na Biblioteca.

 ______________________

Concurso Nacional de Leitura'15




O Plano Nacional de Leitura (PNL) organiza a 10ª Edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL) que vai ocorrer entre o dia 20 de Outubro de 2015, data oficial de abertura, e o final do terceiro período letivo.

Cabe ao Plano Nacional de Leitura a organização geral do CNL e o controlo do seu desenvolvimento, ao longo de 3 Fases consecutivas: 1ª Fase – Escolas | 2º Fase –Distrital |3ª Fase – Final Nacional.
Tal como em edições anteriores, o PNL articula-se com a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), o Camões IP e a RTP.

A participação no concurso está aberta às escolas do Continente e dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira, das redes pública e privada que a ele aderirem, através da inscrição de alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, qualquer que seja a sua nacionalidade. Está, igualmente, aberta aos alunos das EPE, Escolas Portugueses no Estrangeiro, da esfera de influência do Camões IP.




http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/Concursos/upload/ficheiros/regulamento_cnl_2015_2016.pdf



Calendarização


INSCRIÇÃO NO CNL: até 08 Novembro 2015

20 de outubro 2015: Abertura (divulgada no Blogue PNL | Concursos PNL | Sítio DGLAB)

Até 08 novembro 2015: Preenchimento no SIPNL – CNL do formulário de inscrição 2015/2016

Até 18 novembro 2015: Publicação da lista de escolas inscritas (Concursos PNL)



1ª Fase | Escolas

Provas nas Escolas - até 23 janeiro 2016

Até 23 janeiro 2016: Provas nas escolas - Divulgação do Regulamento a nível de escola; apuramento dos vencedores.

Preenchimento no SIPNL do Formulário CNL - Registo dos alunos apurados e das obras lidas.

Até 08 Fevereiro 2016: Publicação da lista de alunos apurados a nível de escola(Concursos PNL)



2ª Fase | Distrital
 Provas nas Bibliotecas Municipais – até 30 abril 2016


Até 30 abril 2016: Provas distritais – DGLAB | Apuramento dos vencedores

08 | 12 maio 2016: Publicação da lista de alunos apurados (Concursos PNL)



3ª Fase | Final Nacional
 junho | julho 2016


08 | 12 maio 2016: Divulgação das obras a ler

junho | julho 2016: divulgação do Regulamento da 3ª Fase - Prova Final
               ______________________
Concurso Chef Fish





 
Encontram-se a decorrer, até ao dia 7 de dezembro, as inscrições para o Concurso Chef Fish, cujo objetivo prioritário é despertar o interesse das crianças e dos jovens consumidores para os recursos marinhos que o oceano tem para oferecer, bem como sensibilizar a comunidade escolar e as famílias, enquanto consumidores, para a adoção de comportamentos mais saudáveis e sustentáveis.

Deste modo, o Concurso Chef Fish convida as escolas e os alunos a produzir vídeos com receitas culinárias de pescado revelando escolhas saudáveis e sustentáveis, no consumo de produtos do mar e que demonstrem respeito pelo oceano e pelos seus recursos.

Quem pode concorrer?

Estão definidos 3 escalões de participantes (sempre acompanhados com um professor responsável):

Escalão A – equipas de 3 alunos do 1.º CEB
Escalão B – equipas de 3 alunos do 2.º e 3.º CEB e cursos vocacionais
Escalão C – equipas de 3 alunos do ensino secundário e vias profissionalizantes

É possível a participação de várias equipas da mesma escola, podendo um mesmo professor inscrever-se com mais do que uma equipa.

Antes de inscrever as equipas no concurso, o professor deverá verificar se a sua escola pertence à rede de escolas DECOJovem.

Se ainda, não é escola DECOJovem, descubra como aderir.

Antes de concorrer deve ler com atenção o regulamento do concurso disponibilizado para a comunidade escolar, que contém toda a informação completa. Mas para já deixamos aqui os principais tópicos.



Como concorrer?

O Professor Responsável da equipa deverá:

Aceder e descobrir os conteúdos dos sites Conhecer o Oceano e Kit do Mar, para compreender melhor a estratégia e a abordagem de promoção do pescado na alimentação saudável.

Aceder ao Concurso Chef Fish na plataforma escolas.decojovem.pt e iniciar sessão com username e password.Caso não tenha os dados de acesso, terá de registar primeiro a sua escola na DECOJovem

Adicionar a(s) equipa(s), identificando os seus elementos, em Equipas (até 7 dezembro 2015)

Preencher a Ficha de Projeto, em Participações, indicando nome do vídeo, equipa, resumo do vídeo, meios de divulgação (até 7 dezembro 2015)

Produzir o vídeo da receita culinária com produtos do mar, cumprindo os seguintes passos:
 - O vídeo deve conter a preparação, confeção e empratamento de uma receita com produtos do mar (peixe, marisco, moluscos, etc.);
 - No início do vídeo deve constar, obrigatoriamente, o template de vídeo do Concurso Chef Fish;
 - Após a confeção da receita, deve constar obrigatoriamente uma frase alusiva ao site Conhecer o Oceano referido no E-book Chef Fish;
 - No final do vídeo deve constar obrigatoriamente a ficha técnica da equipa, com: identificação da escola, equipa, professor responsável, alunos e escalão;
 - O vídeo deve ter a duração máxima de 3:00 Minutos;
 - É obrigatório que todos os alunos apareçam no vídeo culinário;
 - No vídeo, é obrigatório que os alunos refiram se a sua escolha de pescado é sustentável e a importância de consumir pescado para uma alimentação saudável.

Publicar o vídeo no YouTube. Aquando da publicação deverão ativar a legendagem do vídeo para a língua inglesa (também, poderão criar as suas próprias legendas no Youtube) e como PÚBLICO;

Aceder à Ficha de Projeto de cada vídeo, em Participações, e colocar o Link do YouTube;

Submeter o vídeo a Concurso; (até 8 fevereiro 2016)

Os vídeos aprovados pela DECO ficarão visíveis para visualização na Galeria de Vídeos do concurso. Será possível aos utilizadores do site atribuir “gostos” e promover a partilha dos vídeos pelo Facebook e Twitter;

A avaliação do júri do concurso decorrerá na semana de 8 a 12 de março de 2016 e os vencedores serão anunciados a 15 de março de 2016 – Dia Mundial do Consumidor.
Prémios

Por cada escalão do concurso, cada professor responsável e cada aluno das equipas vencedoras receberão uma action cam com capacidade de gravação debaixo de água.


Material de apoio

Além da visita ao site Conhecer o Oceano e Kit do Mar, para conhecerem melhor as estratégias definidas na promoção e conservação do pescado, os professores têm disponível o E-book Chef Fish, com informação útil sobre Literacia dos Oceanos e dicas importantes para os consumidores de pescado, tais como a importância da escolha de peixe sustentável; a disponibilidade dos stocks populacionais de pescado mais comercializado em Portugal; como escolher o melhor pescado e como o conservar; nova rotulagem de produtos de pescado e a importância de comer peixe para uma alimentação saudável e equilibrada.

Para a participação e divulgação do concurso, faça o download dos materiais.


_____________________

Concurso de recolha de histórias




Regulamento

No âmbito do seu programa educativo, o Grupo Lobo promove, mais uma vez, um concurso de Natal para a comunidade escolar. Os participantes são convidados a recolher histórias contadas pelos seus avós ou parentes mais antigos sobre o lobo.

O presente concurso integra-se nas ações de sensibilização e educação ambiental do Grupo Lobo e pretende alertar os alunos para a problemática de conservação da biodiversidade, em particular do lobo ibérico.

II – Objetivo

O objetivo do concurso é estimular a criatividade e imaginação do público mais jovem, e ao mesmo tempo incutir a sua participação ativa para a difusão da conservação do património natural do nosso país.

III – Destinatários

O concurso destina-se a todos os alunos do país que frequentem os 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico.

IV – Apresentação dos Trabalhos

a) Os trabalhos deverão ser apresentados em folhas A4, redigidos à mão ou em
computador, tendo no máximo três páginas. Será fator de exclusão a apresentação noutro formato.

b) Os trabalhos são individuais e cada participante poderá apresentar apenas um a concurso.

c) No verso do trabalho deverá ser indicado o ano escolar que o aluno frequenta.

d) Os trabalhos não podem conter o nome dos alunos. Esta informação deverá ser colocada num envelope (fechado à parte), juntamente com a identificação do estabelecimento de ensino, morada, contacto telefónico e endereço eletrónico (do professor responsável ou da escola).

VI – Envio dos Trabalhos
Os trabalhos deverão ser enviados por correio eletrónico para globo@ciencias.ulisboa.pt ou por correio para a seguinte morada:

Grupo Lobo
Departamento de Biologia Animal, Faculdade de Ciências de Lisboa, Edifício C2, Campo
Grande
1749-016 Lisboa

O prazo limite para a entrega dos trabalhos é o dia 18 de Dezembro (data constante no carimbo dos correios).

VII – Júri
O júri de avaliação dos trabalhos é composto por três elementos, dois da Direcção Nacional e um sócio a nomear.

Os critérios de avaliação dos trabalhos terão em consideração a qualidade do texto e originalidade da história. As decisões tomadas pelo Júri não permitirão recurso. Nenhum familiar da organização ou do Júri poderá concorrer ao concurso.

VIII – Prémios
Para cada categoria haverá 3 prémios. Todos os participantes receberão um certificado de participação. Caso considere pertinente, a organização pode entregar menções honrosas.

a) Categoria 1º Ciclo

1º Classificado: Visita ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, válido para aluno e pais, e adopção de um lobo residente no CRLI;

2º Classificado: Visita ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, válido para o aluno e pais;

3º Classificado: Adopção de um lobo residente no CRLI.

b) Categoria 2º Ciclo

1º Classificado: Visita ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, válido para aluno e pais, e adopção de um lobo residente no CRLI;

2º Classificado: Visita ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, válido para o aluno e pais;
3º Classificado: Adopção de um lobo residente no CRLI.

c) Categoria 3º Ciclo

1º Classificado: Visita ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, válido para aluno e pais, e adopção de um lobo residente no CRLI;

2º Classificado: Visita ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, válido para o aluno e pais;

3º Classificado: Adopção de um lobo residente no CRLI.

Os prémios serão enviados por correio para a morada da escola.


VIII – Divulgação dos Premiados

Os resultados do concurso serão divulgados no dia dos “Reis Magos” 6 de Janeiro de 2016 no portal do Grupo Lobo http://lobo.fc.ul.pt, Facebook e Twitter.

Os três primeiros classificados serão contactados por telefone.


IX – Disposições Finais

A entidade promotora reserva-se no direito de modificar o presente regulamento, bem como de proceder à resolução de situações omissas no mesmo.

A participação neste concurso implica a aceitação deste regulamento, bem como das possíveis alterações que ao mesmo se venham a verificar.

As obras entregues a concurso, após receção, passarão a ser propriedade do Grupo Lobo, entidade que reserva para si todos os direitos de autoria, publicação, divulgação e exposição através de qualquer meio ou suporte, no âmbito das suas atividades, sem necessidade de prévio conhecimento ou consentimento do(s) autor(es) ou seus representantes, mas sempre com menção do nome do(s) autor(es).


 ______________________


Liberdade de expressão e redes sociais





A SIC Esperança, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares e com o apoio da Porto Editora, lança a 3º edição do projeto Liberdade de Expressão e Redes Sociais.


Este projeto consiste na criação de um concurso a nível nacional, para estudantes com idade igual ou superior a 13 anos, que frequentem o 3º ciclo do ensino básico e ensino secundário, e que tem como objetivo suscitar a reflexão e o debate sobre a temática da liberdade de expressão e das redes sociais, identificando igualmente os riscos e abusos ligados ao seu uso.


Para a 3ª edição, os alunos são desafiados a trabalhar sobre o tema do Cyberbullying, um fenómeno que surgiu nos últimos anos com a emergência das novas tecnologias.
 


Os alunos que pretendam participar deverão criar conteúdos originais recorrendo a textos, vídeos, podcasts, fotografias, desenhos ou animações, e enviar os seus trabalhos até ao dia 18 de dezembro de 2015. Os vencedores serão anunciados a 18 de janeiro.


Consulte aqui o Regulamento e o formulário da ficha técnica. 
 ______________________






A 9.ª edição dos Desafios SeguraNet 2015/16 terá início no próximo dia 1 de outubro, prolongando-se até 31 de maio de 2016. Esta iniciativa é dirigida ao 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, abrangendo todas as escolas públicas e privadas.


Para participar nos Desafios SeguraNet, cada escola deve registar-se através dos formulários de registo de Escola. As equipas de alunos e professores respondem a um desafio por mês e as equipas de encarregados de educação podem responder a desafios trimestrais.

Ver mais informações e registo aqui.

________________________

Concurso 7 dias, 7 dicas com os media





Decorre até ao dia 8 de abril de 2016 a quarta edição do concurso «7 dias, 7 dicas sobre os media», uma iniciativa promovida pela Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) em parceria com a Direção-Geral da Educação (DGE), a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e a Comissão Nacional da UNESCO (CNU).

O concurso, que se enquadra no âmbito do projeto 7 dias com os media (uma operação nacional de sensibilização para o papel e lugar que os media tradicionais e de nova geração ocupam no quotidiano de todos nós), convida à produção de dicas sobre os media, em suporte digital.

Através do convite à produção de dicas sobre os media, em suporte digital, pretende-se, fundamentalmente, fomentar o uso crítico e criativo dos media, uma utilização mais segura da Internet e o respeito pelos direitos de autor, assim como proporcionar situações em que os alunos aprendam a expressar-se e a criar através de diferentes meios digitais e audiovisuais. 

Inserindo-se no âmbito da educação para os media e para a cidadania, estes objetivos exprimem uma preocupação transversal a todo o currículo do ensino básico e secundário, explicitamente incluída nos programas e metas de algumas disciplinas, nomeadamente português, línguas estrangeiras, educação para a cidadania, aplicações informáticas e TIC, entre outras. Desse modo, o Concurso 7 dias, 7 dicas sobre os media pode constituir uma forma de abordagem e desenvolvimento de alguns temas/objetivos curriculares. Pode também articular-se com as atividades de enriquecimento curricular, a aplicação do Aprender com a Biblioteca Escolar ou outras iniciativas da Biblioteca. 

O conteúdo dos trabalhos deverá ser composto por alertas, recomendações ou conselhos expressos numa linguagem direta e clara, que designaremos por dicas, sobre um dos temas abaixo mencionados.


Cada aluno ou grupo de alunos deve elaborar 7 (sete) dicas sobre um e só um destes temas:

· 7 dicas para usar os media na sala de aula e na biblioteca
· 7 dicas para promover a segurança online
· 7 dicas para respeitar os direitos de autor
· 7 dicas para promover a inclusão e a cidadania digitais
· 7 dicas para proteger os dados pessoais
· 7 dicas para manter a reputação online
· 7 dicas para evitar a dependência online


As 7 dicas podem ser apresentadas em formatos diversos: áudio, vídeo, apresentação eletrónica ou cartaz.



Cada escola ​pode apresentar um trabalho por tema e por categoria (1.º e 2.º ciclos do ensino básico; 3.º ciclo do ensino básico e secundário)​.



Para concorrer basta enviar os trabalhos candidatos para <7dicas@mail-rbe.org> até 8 de abril de 2016, sugerindo-se que a participação de cada Escola/ Agrupamento e o referido envio sejam coordenados pelo Professor Bibliotecário.

Antes do envio dos trabalhos, há que fazer uma revisão geral dos mesmos para se verificar se:
 - foi elaborada a ficha técnica, de formam completa; 
 - as fontes de imagem e som foram identificadas, de forma completa;
 - as incorreções na expressão escrita.





Regulamento pode ser consultado aqui.

    ________________________

Concurso Nacional da Leitura 2015/16




O Plano Nacional de Leitura (PNL) organiza a 10ª Edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL) que vai ocorrer entre o dia 20 de Outubro de 2015, data oficial de abertura, e o final do terceiro período letivo.

Cabe ao Plano Nacional de Leitura a organização geral do CNL e o controlo do seu desenvolvimento, ao longo de 3 Fases consecutivas: 1ª Fase – Escolas | 2º Fase –Distrital |3ª Fase – Final Nacional.
Tal como em edições anteriores, o PNL articula-se com a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), o Camões IP e a RTP.

A participação no concurso está aberta às escolas do Continente e dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira, das redes pública e privada que a ele aderirem, através da inscrição de alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, qualquer que seja a sua nacionalidade. Está, igualmente, aberta aos alunos das EPE, Escolas Portugueses no Estrangeiro, da esfera de influência do Camões IP.





http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/Concursos/upload/ficheiros/regulamento_cnl_2015_2016.pdf





Calendarização


INSCRIÇÃO NO CNL: até 08 Novembro 2015

20 de outubro 2015: Abertura (divulgada no Blogue PNL | Concursos PNL | Sítio DGLAB)

Até 08 novembro 2015: Preenchimento no SIPNL – CNL do formulário de inscrição 2015/2016

Até 18 novembro 2015: Publicação da lista de escolas inscritas (Concursos PNL)



1ª Fase | Escolas

Provas nas Escolas - até 23 janeiro 2016

Até 23 janeiro 2016: Provas nas escolas - Divulgação do Regulamento a nível de escola; apuramento dos vencedores.

Preenchimento no SIPNL do Formulário CNL - Registo dos alunos apurados e das obras lidas.

Até 08 Fevereiro 2016: Publicação da lista de alunos apurados a nível de escola(Concursos PNL)



2ª Fase | Distrital
 Provas nas Bibliotecas Municipais – até 30 abril 2016


Até 30 abril 2016: Provas distritais – DGLAB | Apuramento dos vencedores

08 | 12 maio 2016: Publicação da lista de alunos apurados (Concursos PNL)



3ª Fase Final Nacional
 junho | julho 2016



08 | 12 maio 2016: Divulgação das obras a ler

junho | julho 2016: divulgação do Regulamento da 3ª Fase - Prova Final




__________________________

Concurso Juvenes Translatores



Inscrições abertas entre 1 de setembro e 20 de outubro de 2015

A Direção-Geral da Educação convida os alunos do ensino secundário, nascidos em 1998, a participar na 9.ª edição do concurso Juvenes Translatores (designação em latim para Jovens Tradutores), com o tema, Ano Europeu para o Desenvolvimento.

As provas consistem na tradução, sob a supervisão de um professor, de um texto de uma página a partir de e para uma das 24 línguas oficiais da UE.

O concurso terá lugar no dia 26 de novembro de 2015, e os estabelecimentos de ensino que pretendam inscrever-se, poderão fazê-lo entre os dias 1 de setembro e 20 de outubro de 2015, através
do preenchimento do formulário eletrónico de candidatura na página oficial do concurso Juvenes Translatores. A seleção das escolas realiza-se aleatoriamente (o número de escolas por país corresponde ao número de deputados do respetivo Estado-Membro no Parlamento Europeu).
____________________________




Consultar regulamento aqui e fazer a inscrição aqui.


____________________


Leituras d'Oriente e d'Ocidente
2015/2016




O Projeto Leituras d’Oriente e d’Ocidente resulta de uma parceria entre o Plano Nacional de Leitura e a Fundação Oriente Museu.

Propõe-se às escolas o desenvolvimento de estratégias que, a partir de diversos tipos de texto, levem crianças e jovens dos ensinos básico e secundário a reconhecer a herança deixada pelos portugueses, ao longo dos séculos, em terras de Oriente, bem como a presença dos contributos de civilizações orientais nos nossos hábitos quotidianos e na nossa cultura.

O trabalho colaborativo na descoberta de textos em língua portuguesa (de diferentes tipologias e de diferentes épocas) deverá ser o ponto de partida para o desenvolvimento de projetos originais, que resultem da articulação da leitura com diversas áreas do saber, testemunhando-se a relação entre Portugal e as culturas de povos que habitam o continente asiático.


 Modelo do formulário a preencher no SIPNL:




CALENDARIZAÇÃO

 - até 30 de setembro de 2015 | Apresentação das candidaturas (no SIPNL);

- outubro de 2015 | Publicação da lista de projetos selecionados;

- novembro de 2015 | Sessões de formação para professores/as coordenadores/as do projeto; 

 - dezembro de 2015 a junho de 2016 | Desenvolvimento do projeto;

- janeiro a março de 2016 | Visita de estudo para a equipa dinamizadora de cada projeto (máx. 35 elementos);

- junho de 2016 | Apresentação do produto final nas respetivas comunidades em que os agrupamentos | escolas se inserem.


Conheça melhor a 2ª edição do Projeto LOO e as sugestões de Leitura apresentadas.

LIGAÇÕES ÚTEIS:
___________________________________________________ 



Projeto Ler + mar 2015 | 2017

O Plano Nacional de Leitura (PNL), em parceria com a Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental (EMEPC) e com a Aporvela, vem desafiar as escolas a participarem na 3ª edição do Projeto Ler+Mar, encontrando estratégias que propiciem a descoberta de textos em língua portuguesa, de algum modo relacionados com os oceanos, articulando-os, numa perspetiva de transversalidade curricular, com as diversas áreas do saber relacionadas com as temáticas ligadas ao MAR.

Esperam-se, pois,  propostas / estratégias criativas que estabeleçam relações entre textos em língua portuguesa e aspetos ligados aos oceanos, numa perspetiva de transversalidade curricular, que estimule a criação de ELOS de articulação da leitura / informação e de compreensão entre diversas áreas do saber.
OBJETIVOS:

Promover a leitura e a literacia dos oceanos; 
Diversificar o contacto com diferentes tipologias textuais; 
Desenvolver a capacidade de pesquisa e seleção de informação de diferentes áreas do saber, disponível em diversos suportes; 
Ampliar o conhecimento dos docentes e alunos relativamente à potencialidades do MAR; 
Reconhecer o mar enquanto veículo que liga a língua portuguesa falada nas diferentes partes do mundo, independentemente da sua diversidade temporal e espacial; 
Estimular iniciativas que cruzem a leitura com as diversas áreas curriculares; 
Incentivar a criatividade de alunos e de professores para o desenvolvimento de estratégias de promoção de leitura junto das comunidades envolventes das suas escolas/ agrupamentos.

PÚBLICO ALVO:

Crianças e jovens dos Ensinos Básico e Secundário


CALENDARIZAÇÂO:

Apresentação das candidaturas (no SIPNL) - até 30 de setembro
Publicação da lista de projetos selecionados - até 16 de outubro
 
As candidaturas deverão ser formalizadas pela escola, através do preenchimento de formulário específico disponível no SIPNL, que aqui se reproduz:


  
APOIOS | RECURSOS
Para apoio ao desenvolvimento dos projetos, as escolas poderão beneficiar de informação e recursos disponíveis: 

  •  no sítio da EMEPC | sítio do Kit do Mar | http://www.emepc.pt/pt/kit-do-mar/recursos/fichas. Entres os vários disponibilizados neste Kit do mar, destaca-se a rubrica "Navegar na leitura", onde é apresentada uma lista significativa de obras que têm o Mar como tema ou cenário principal.
Os trabalhos desenvolvidos no âmbito deste Projeto poderão ser apresentados no Concurso Nacional Kit do Mar 2015-16 ou noutras iniciativas relacionadas com a temática da Leitura ou do Mar.

Ver informação detalhada sobre o concurso aqui.


Conheça as escolas e projetos selecionados nas edições anteriores - 1ª edição, 2013/2015; 2ª edição, 2014/2016. 


Semana da Leitura 2015
CONCURSO: Palavras do Mundo em Cartaz
 No âmbito desta 9ª edição da Semana da Leitura, realiza-se o Concurso «Palavras do Mundo em Cartaz».

Consulte o Regulamento.


____________________________________________________



Concurso Uma Aventura… Literária 2015

Desafio à criatividade: vale a pena concorrer!






A Editorial Caminho lança mais uma edição do Concurso Uma Aventura… Literária 2015 com 5 modalidades:
  • Texto Original,
  • Crítica,
  • Desenho,
  • Teatro ,
  • e Olimpíadas da História.

Destinatários: alunos do pré-escolar, 1.º ciclo, 2.º ciclo, 3.º ciclo e secundário.
Prazo de entrega dos trabalhos: 16 de fevereiro 2015 (data dos CTT).

Inscrição e envio dos trabalhos: a inscrição e envio dos trabalhos dos alunos concorrentes (que devem realizar-se em simultâneo) deve ser feita pelos professores através do site www.uma-aventura.pt.
Os trabalhos podem ainda ser enviados através do correio (com as fichas de participação devidamente preenchidas), nos moldes habituais, para a seguinte morada: Concurso Uma Aventura… Literária 2015 – Editorial Caminho – Rua Cidade de Córdova nº 2 – 2610 - 038 Alfragide

Os professores e alunos que enviarem e registarem trabalhos através do site poderão imprimir os Diplomas de Participação e de Coordenação Pedagógica diretamente através do site.

Ver regulamento e ficha de participação em aqui.


____________________________________________________



 

Histórias da Ajudaris’15

Inscrições Abertas








A Ajudaris é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) com estatuto de utilidade pública. As Histórias da Ajudaris são um dos seus vários campos de ação, tendo por grandes objetivos:
. Fortalecer hábitos de leitura e escrita;
. Promover a inclusão e a integração social através da arte;
. Despertar a solidariedade;
. Aproximar a escola das famílias e da comunidade;
. Fomentar a interação entre gerações;
. Impulsionar o voluntariado.
O Projeto Histórias da Ajudaris, criado em 2009, concretiza-se a partir da edição de livros escritos por crianças para crianças, colhendo a inspiração em temas como a cidadania, os afetos e o ambiente. Assim, vários estabelecimentos de ensino e ilustradores solidários participam na ilustração do mundo dos contos criados pelas crianças, através do seu envolvimento em workshops, exposições e outras atividades, de que se destaca o concurso Histórias da Ajudaris.
A 7ª edição do concurso Histórias da Ajudaris obedece ao tema Valores e decorre até 30 de abril, contando com o apoio da Rede de Bibliotecas Escolares e do Plano Nacional de Leitura.
As escolas que pretenderem participar neste concurso deverão inscrever-se até 15 de fevereiro de 2015, através do preenchimento do formulário disponível on-line.

 

Ver regulamento.


A Ajudaris conta com a ajuda de todos para continuar a apoiar boas causas. A ajuda pode chegar através de parcerias, do trabalho de voluntários, da recolha de alimentos e vestuário, da aquisição de livros “Histórias da Ajudaris” ou através de donativos. 


 
____________________________________________________
 
CONCURSO NACIONAL DE LEITURA
Regulamento da 1ª fase (a nível de escola)
 
 
 
Ajudaris
      


 
  


_________________________________________________________________________
Ética desportiva



 





III Edição do Concurso Literário 
“A Ética na Vida e no Desporto”

Destinatários: alunos do Secundário
 









O Instituto Português do Desporto e Juventude I.P., através do Plano Nacional de Ética no Desporto, com o apoio do Jornal Desportivo A Bola, a Direção-Geral da Educação/Desporto Escolar e o Comité Olímpico de Portugal, instituem a III Edição do Concurso Literário “A Ética na Vida e no Desporto”.


O Concurso tem por objetivo estimular a produção de trabalhos escritos relacionados com a Ética na Vida e no Desporto, galardoando aqueles que melhor qualidade apresentarem, por estudantes do ensino secundário dos Cursos Científico-Humanísticos de Ciências e Tecnologias, de Ciências Socioeconómicas, de Línguas e Humanidades e de Artes Visuais e dos Cursos Profissionais ministrados em estabelecimentos de ensino público, particular e cooperativo de Portugal Continental e Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.


O prazo de apresentação dos trabalhos decorre de 1 de março a 30 de abril de 2015.




Prémios
Aos autores dos trabalhos classificados nos três primeiros lugares, o Júri atribuirá os seguintes prémios: 


a) 1.º Classificado – Viagem para 2 (duas) pessoas à Grécia, que inclui visita à Academia Olímpica Internacional; diploma com o design da primeira página do Jornal Desportivo A Bola; publicação do trabalho e entrevista ao (à) autor(a) do mesmo na versão impressa e na edição online do Jornal A Bola


b) 2.º e 3.º Classificados – Troféu; publicação dos trabalhos dos(as) autores(as) na versão impressa e na edição online do Jornal A Bola

Regulamento do concurso aqui

Ficha de candidatura aqui


CONCURSO CINEASTAS DIGITAIS
Concurso de vídeo digital


Como concorrer?  
 - Quem pode concorrer
 Equipas de 2 a 4 alunos que terão que se registar previamente em http://cineastas.ccems.pt, com o apoio de um professor orientador que os acompanhará durante todo o processo (registo, produção do filme, submissão, etc.).
- Como se registam as equipas
O professor orientador fará o registo da equipa no site e será ele o responsável pela submissão do(s) filme(s).
As equipas concorrentes, através do professor orientador, deverão obrigatoriamente registar-se preenchendo um formulário para o efeito.



 


Categorias e Especificações
Vídeo Narrativas
TEMA: Desporto, natureza e vida saudávelNesta categoria pretende-se estimular a criatividade dos alunos no sentido de criarem, ou adaptarem ao formato de vídeo, uma narrativa que promova a reflexão sobre os valores do desporto (e.g. ética desportiva), de preservação da natureza e de promoção da vida saudável.
 
Duração do Filme: 180 segundos a 360 segundos. (Incluindo título e ficha técnica)
Tamanho: até 100 MB

 Vídeo Curtas na Escola
TEMA LIVRE
Esta categoria a que poderás concorrer com vídeos com duração máxima de 3 minutos mantém a temática livre para que possas tratar aspetos do quotidiano na escola, na família ou entre amigos.
Duração do Filme: 60 segundos a 180 segundos. (Incluindo título e ficha técnica)
Tamanho: até 50 MB
 Nano Vídeo
TEMA: Vida Saudável
Nesta categoria o desafio é apresentar, no máximo em 30 segundos, uma ideia, um valor, um conceito ou mesmo um episódio relativo ao tema geral ou em concreto à promoção de hábitos de vida saudável. O historial desta categoria revela a aproximação à linguagem publicitária, ao humor e a situações surpreendentes do quotidiano ou do imaginário de cada um.
 
Duração do Filme: 10 a 30 segundos. (Excluindo a duração do título e da ficha técnica)
Tamanho: até 20 MB
 
Ver regulamento aqui.




Por iniciativa conjunta do Plano Nacional de Leitura e do Centro Cultural de Belém, realiza-se, em 2015, a 7ª edição do Concurso de Poesia FAÇA LÁ UM POEMA, cujo intuito é incentivar o gosto pela leitura e pela escrita de poesia.

O PNL convida todas as escolas públicas e privadas do país a aderirem ao Concurso, que se dirige a todos os níveis de ensino (do 1º Ciclo ao Ensino Secundário), e a descobrirem os textos dos novos autores das anteriores edições do FLP.



O Concurso decorre entre dezembro de 2014 e fevereiro 2015 e terá a sua Final no dia 21 de Março de 2015. Nesta data, celebra-se, no Centro Cultural de Belém [CCB], o DIA MUNDIAL DA POESIA em cujo Programa será integrada a cerimónia de entrega de prémios aos vencedores do Concurso Faça lá um Poema. 

As Escolas que desejem concorrer ao FLP 2015 devem preencher o FORMULÁRIO e enviá-lo em anexo a uma  mensagem.



Consultar REGULAMENTO, onde se refere, no último parágrafo,  a intenção de se virem a antologiar os vencedores de todas as edições.



Faça lá um Poema, 2015 | Calendário

Início - 03 de dezembro de 2014
Envio dos poemas até - 21 de fevereiro de 2015
Entrega de prémios | Dia Mundial da Poesia - 21 de Março de 2015 












Concurso Inês de Castro 2014/2015




A 7ª edição do Concurso Inês de Castro é uma iniciativa conjunta do Plano Nacional de Leitura e da Fundação Inês de Castro, com o patrocínio da YDreams e a colaboração do Diário de Coimbra.
Baseado nos «Percursos de Pedro e Inês», desde a sua primeira edição, o concurso visa promover o conhecimento dos contextos e lugares históricos, geográficos, sociais, políticos, económicos, literários e afetivos que se relacionam direta ou indiretamente com o romance de D. Pedro e de D. Inês.
Na 7ª edição – ano letivo 2014/2015 – os trabalhos a concurso podem ser elaborados com base em diferentes áreas criativas e deverão configurar uma representação no âmbito das ARTES PERFORMATIVAS (Filme, Dança, Música, Ópera, Teatro, Teatro Musical…).
Desafiam-se as Escolas a mostrarem as suas capacidades estéticas, talentos criativos e de originalidade, promovendo o aprofundamento da interdisciplinaridade e da partilha de saberes.

 "Ler+ na Camilo":
A ESCCBVR é uma escola aLeR+


Foto de Inês de Caldas Martins





Ao ver aprovado o seu projeto de candidatura à rede de escolas aLeR+, para o biénio 2014-2016, subordinado ao tema LeR+na Camilo, a ESCCBVR passou a ser uma escola aLeR+.
O projeto aLeR+ é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura/PNL desenvolvida em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares/RBE, destinada a apoiar as escolas que se disponham a desenvolver um ambiente integral de leitura, motivando a integração da leitura como transversal a todas as áreas curriculares, a colocar a leitura e o prazer de ler no centro do Projeto Educativo de Escola e a trabalhar com as famílias, para encorajarem a leitura em tempo livre. Assim, a sustentabilidade deste projeto assenta também na responsabilidade e participação das direções das escolas, das equipas da Rede de Bibliotecas Escolares, dos docentes e não docentes, dos alunos, das famílias e das bibliotecas públicas.

 
Linhas orientadoras do projeto aLeR+:

 - Colocar o prazer de ler no centro dos esforços da escola para elevar os níveis de aprendizagem e o sucesso dos aluno.

 - Envolver na promoção da leitura todos os elementos da comunidade escolar: professores, funcionários e também pais, bibliotecários, animadores, autarcas, etc.,..

 - Trabalhar em parceria com as famílias para estimular a leitura em casa.

 - Estabelecer relações com a comunidade local e com outras escolas, articulando esforços na promoção do prazer de ler. 

- Assegurar o máximo de visibilidade à leitura em contexto escolar.

 - Partilhar boas práticas com as escolas e bibliotecas do projeto aLeR+.

 
Lançado em 2008, em 33 escolas/agrupamentos, e contando atualmente com cerca
100 escolas/ agrupamentos, o seu alargamento tem sido gradual, de forma a garantir um crescimento sustentado da rede aLeR+. Os resultados positivos evidenciados no balanço do trabalho realizado pelas escolas nos últimos cinco anos e a forma decisiva como a leitura está associada à melhoria do sucesso escolar contribuíram para o relançamento de uma 2ª fase, com início em 2014-2015. 





Concurso: Liberdade de Expressão e redes sociais







A SIC Esperança, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares, lança a 2.ª edição do projeto Liberdade de expressão e redes sociais.
O tema para este ano é: 
Como seria a vida sem as redes sociais criadas pela tecnologia?

Podem concorrer alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico, com idade igual ou superior a 13 anos, e alunos do Ensino Secundário.
Como seria a vida se não existisse facebook, instagram, youtube, tumblr, google+ e outras redes sociais recentes?
Teríamos mais ou menos liberdade de expressão?
Mais ou menos privacidade?
Que relações entre a liberdade e a privacidade?
Que implicações têm as redes sociais, ou a falta delas, na participação cívica e democrática?

Questões como estas  podem servir de ponto de partida para a resposta ao tema proposto.

Os trabalhos de grupo, com conteúdos originais e em vários formatos (texto, vídeo, banda desenhada…), obrigatoriamente com um professor orientador, devem ser apresentados até ao dia 15 de janeiro de 2015 para sicesperanca@sic.pt.
Os vencedores terão a oportunidade de participar, acompanhar ou assistir a programas da SIC. 
Ver  Regulamento.




Concurso Nacional de Vídeos“IMAGENS CONTRA A CORRUPÇÃO”Edição 2014-2015

 








Parceiros:
Ministério da Educação e Ciência, Plano Nacional de Leitura, Escola Superior de Comunicação Social, Visionarium, Fundação INATEL, Antena 1
Prémios:
Para o Ensino Secundário: Um fim de semana numa unidade hoteleira do INATEL com atividades de grupo para um grupo até 30 alunos
Para o 2º e 3º Ciclos - Uma atividade no VISIONARIUM, para um grupo até 30 alunos
Prazos:
Inscrições até 31 de Outubro de 2014 (até esta data formaliza-se a inscrição prévia, pela qual se manifesta o desejo de participar no concurso, preenchendo um formulário disponível no sítio http://www.cpc.tcontas.pt/) ou aqui, em Inscrições.
Apresentação dos trabalhos até 17 de Abril de 2015, em www.cpc.tcontas.pt/concurso.

Ver  Regulamento




 



CONCURSO NACIONAL DE LEITURA | 9ª EDIÇÃO | 2014/2015

  
Com o objetivo central de estimular o treino da leitura e desenvolver competências de expressão escrita e oral, o Plano Nacional de Leitura abre a 9ª Edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL) 2014 / 2015 a 20 de Outubro de 2014, que, como habitualmente, se desenrola em três fases - a nível de escola, a nível distrital e a nível nacional.
São parceiros desta iniciativa a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE) e o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, IP).
A participação no concurso está aberta aos alunos dos 3º Ciclo e Ensino Secundário das escolas públicas e privadas do Continente e dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira, qualquer que seja a sua nacionalidade.
 
Na versão Internacional e com coordenação do Camões, também está aberto às escolas no estrangeiro sob sua tutela, com a designação CIL, Concurso Internacional de Leitura. 

  Ver Regulamento nacional.


Nos próximos dias, a Biblioteca da Camilo procederá à divulgação do regulamento do concurso a nível de escola, que incluirá as obras selecionadas para a prova da 1ª fase de seleção.



 CNL - CALENDÁRIO DO CONCURSO



    FASES DO CNL
                   TAREFAS
      CALENDÁRIO
        Abertura
Informação às escolas
20 Outubro 2014
        Inscrição
Preencher: 
CNL- Formulário de inscrição 2014-2015
Até 07 Novembro 2014
Publicação da lista de Escolas inscritas
14 – 18 Novembro 2014
1ª Fase
Escolas
Provas nas escolas
Até 22 Janeiro 2015
Apurar vencedores
Preencher: 
CNL - Registo de alunos apurados e Obras selecionadas
Publicação da lista de alunos apurados
01 – 05 Fevereiro 2015
2ª Fase
Distrital
Provas distritais
Bibliotecas Municipais - DGLAB
Apurar vencedores
Até 30 Abril 2015
Publicação da lista de alunos apurados
Até 08 Maio 2015
3ª Fase
Nacional
Semifinal
Final Nacional
Junho | Julho 2015



 
 


8ª Edição dos Desafios SeguraNet
 
 
 

De 1 de outubro de 2014 e 31 de maio de 2015, decorre a 8.ª edição dos Desafios SeguraNet, dirigida a todos os alunos dos ciclos do Ensino Básico das escolas públicas e privadas.
No caso dos alunos do 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico, para participar nos Desafios SeguraNet, cada escola deverá efetuar o seu registo através dos formulários de registo de Escola.
As equipas de alunos e professores respondem a um desafio por mês.
As equipas de Encarregados de Educação podem responder a desafios trimestrais.

Festival de cinema e multimédia 100 cenas, de 2 a 4 de maio de 2013




Entrega dos trabalhos até 19 de abril de 2013




 












Para participar nesta iniciativa deves preencher o FORMULÁRIO que, além dos dados referentes à escola, aos professores responsáveis e aos alunos participantes, reserva espaço para inserção dos textos a concurso.





              Regulamento






Concurso 7 dias, 7 dicas sobre os media




Regulamento

Calendário







    Clique na imagem para obter mais informações



   




 












Clique na imagem para obter mais informações





Clique na imagem para obter mais informações





Sem comentários: